Um feliz Thanksgiving

por Rita Durigan

Em janeiro faz 3 anos que mudamos para os EUA. Vivendo e convivendo, passando alguns apertos ou pagando alguns micos, vamos aprendendo naturalmente a cultura local e os costumes que vão se somando ao nosso repertório. O de celebrações, por exemplo. E isso é uma parte muito legal de morar fora. Porque, no nosso caso, não abrimos mão das nossas tradições, mas somamos outras. E somar é sempre bom.

Hoje é Thanksgiving, o Dia de Ação de Graças. Uma data tão – ou mais – importante para os norte-americanos quanto o Natal para os brasileiros, por exemplo. As famílias se reúnem para almoçar ou jantar. Tem pratos típicos como o perú, a batata doce, o purê de batatas, o cornbread (que mais parece nosso bolo de milho), o molho de cranberry (uma frutinha vermelha que é mais consumida seca, como a uva passa), entre outros. O preparo da comida já faz parte do evento e algumas pessoas chegam a usar dias de férias do trabalho para isso, antecipando o início do ritual. E é tradição fazer agradecimentos, dar graças, antes de comer. Preciso dizer que na minha família o Natal é parecido e por isso sempre amei o Natal.

Acredito que ter uma criança ajuda a querer se aproximar o máximo das tradições locais. Você é responsável para que ela seja inserida nesta sociedade que vocês vivem. Que saiba sobre o que estão falando nas ruas, nas aulinhas – e se não souber, vai te perguntar. Então, é bom estar preparado 🙂 Por que as casas estão decoradas? Por quhappythanksgiving-2016e vamos preparar esse almoço hoje? O que estamos comemorando?

Esta foto, por exemplo, é da mini-pumpkin e da árvore de Ação de Graças que minha filha trouxe de uma aulinha que frequenta. “Sou grata pela Mamãe e pelo Papai”. Lindo, né? Nós achamos 🙂

Este ano, no entanto, aprendi algo muito simples e especial. Com a mesma frequência que as crianças ouvem “O que você pediu pro Papai Noel?” perto do Natal, minha filha de 3 anos e meio, foi questionada esta semana sobre “What you are thankful for?”, ou “Pelo que você gostaria de agradecer?” E a maneira que fazem a criança entender o que isso quer dizer é uma perguntinha que vem na sequência: “What makes you happy?”, ou “O que te faz feliz?”

Aprendi que não importa onde e como você está, se olhar bem vai ter sempre um motivo para agradecer. Um simples motivo pra ser feliz.

Happy Thanksgiving ou Feliz Dia de Ação de Graças!

 

-Um obrigada especial pelas minhas amigas de vida e de blog, Dede Lovitch ❤ e Paty Juliani ❤

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s