Um dia para espalhar mais amor

por Rita Durigan

Hoje uma tragédia acordou todos nós: a queda do avião do Chapecoense, na Colômbia, onde disputaria partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de Medellín.

Mas por que citar isso aqui, em um blog sobre maternidade, crianças, leveza, criar com asas? Porquê faz parte da vida. E nessas horas, quando todos nos entristecemos, nossas crianças – mesmo as mais novas das quais conseguimos esconder a tragédia – também se entristecem. E, muitas vezes, sem entender o por quê.

Isso pra não falar nas vítimas diretas: filhos, pais, irmãos, parentes e amigos desses viajantes que foram em busca de um título, que estavam trabalhando, e não vão voltar. A estes, nossos sinceros sentimentos e desejo de conforto.

É importante – e difícil – pensar sobre como explicar a tristeza e comoção coletiva para nossas crianças. Sobre como dizer que aquele sentimento estranho não é só dele. Que as cenas que às vezes, sem que a gente perceba ou queira, eles vão ver na TV, jornais ou internet, são reais de uma coisa muito triste que aconteceu e que temos que rezar, torcer, desejar que as pessoas envolvidas sejam confortadas, e seguir nossa vida, pedindo proteção sempre.

Não é fácil quando, em momentos assim, nem nós mesmos encontramos conforto. Mas às vezes, nessa hora, um bom abraço apertado; explicações simples e leves, porém sinceras, para perguntas que podem surgir; e a oportunidade de dizer o quanto amamos quem está perto e agradecer por isso, podem transformar um pedacinho da nossa tristeza em amor. Porque é disso que precisamos em dias assim: doses extras de amor. Espalhar mais amor.

One thought on “Um dia para espalhar mais amor

  1. Gloria diz:

    Totalmente sensível sua visão do que aconteceu. Qdo acordei e vi no face a bandeira do Clube , achei que era uma brincadeira do sempre crítico Fabio.
    Não era e fiquei sem ação .
    Não quero ver notícia alguma hoje e nem videos e muito menos entrevistas reprisadas .
    Isso nada muda . O que aconteceu e tb com outras tragédias como a da Air France ( vimos de muito perto o q passam os que ficaram vivos e sem resposta).
    Se rezar adiantar, estou rezando pelos q se foram e pelos mais de mil q ficaram .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s