Miniconto – A Birra

por Dede Lovitch

Não só de fofuras vivem os minicontos.

“Mamãe, quero ir com você na padaria.”

“Tudo bem, pode se trocar.”

“Me ajuda?”

“Claro, vamos lá, só vou acabar de colocar minha camiseta.”

“Não, primeiro eu” (já gritando).

“Eu já estou colocando e vamos lá.”

“Não, não, não…” (infinitos berros já deitada no chão, esperneando).

“Con, agora podemos trocar, vem, levanta, eu te pego no colo.”

“Não, tira a sua camiseta” (gritando muito).

“Eu já coloquei e agora vamos que vou te ajudar.”

“Não. Tira a sua camiseta” (já roxa de tão alto grito).

“Muito bem, vc não vai se trocar, vou sozinha então” (contando até dez).

“Tira, tira, tira” (infinitos “tira”)

“Vem, eu te ajudo” (respirando muito fundo e pedindo para não perder a paciência)

“Con, para com isso, vai se trocar” (Bernardo já cansado dos gritos)

“Sai daqui” (berrando com o irmão)

“Bom, agora eu tenho que ir, temos horário hoje” (peguei a carteira e fui, correndo)

“Ahhhhhhhh” (fui ouvindo os gritos até fechar a porta)

Quando voltei ela estava chorando, nem olhei, ela veio até mim.

“Acalmei mamãe,  você trouxe rosquinha?”

IMG_0620

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s