Mães que usam carrinhos

por Rita Durigan

AA6C34A5-24AD-478A-AFCA-ACD137E86A0E“Mas ela ainda usa carrinho?”, me perguntam.  Sim, aos 4 anos e meio minha filha ainda usa carrinho. Moro em NY – Jersey City, do outro lado do rio, pra ser exata. Não temos carro há 4 anos, desde que nos mudamos de São Paulo, onde tínhamos 2, pros EUA. Primeiro foi Chicago, onde tudo é mais centralizado e morávamos bem ali, onde tudo acontece. Depois, aqui. Desde então andamos muito à pé; de bike com cadeirinha pra ela – normalmente de abril a setembro, quando o clima permite, e só em Jersey City, onde o trânsito é mais seguro que em Manhattan; de barco; às vezes de Uber; e de transporte público.

Eu sei que aqui temos mais opções de transporte, mas não pense que não é perrengue, que é tudo facinho e limpo. Que trens não quebram, não mudam de estação, de rota. Que todas as entradas são acessíveis com elevador ou rampa… Doce engano que te venderam como o sonho americano. E mesmo assim me sinto livre sem carro. Não sei até quando, mas me sinto 😉

Em Chicago há mais estações com elevadores do que sem. Muito mais. Em NY, nem tanto. Nem tanto mesmo. Provavelmente, se você visita/ou a cidade a turismo tem lembrança de elevador por toda a parte. Os pontos turísticos costumam ter. Mas mude um pouco a rota como quem mora aqui e procura/precisa viver um pouco de cada canto da Big Apple e você vai entender do que estou falando. Às vezes prefiro caminhar mais e descer em estação com elevador do que sem.

Veja bem, se minha filha está acordada, zero problemas. Ela anda e tudo bem. Sobe escadas, desce escadas como qualquer criança. Óbvio. Mas no trem muitas vezes ela dorme. Se passamos o dia andando por ai, também. E dorme pesado. E fica mais pesada do que os 20 kgs que já tem. Se meu marido está comigo, a gente divide o peso, pega cada um de um lado do carrinho e sobe/desce escada, montanha, ladeira… Juntos somos mais fortes. Mas eu já me vi sozinha diante de uma escada interminável, com uma criança dormindo e tive que pegar no colo, fechar carrinho e pendurar no ombro e arrancar fôlego e força de onde só a maternidade provê pra chegar ao topo.

Algumas vezes tive ajudas de anjos e serei eternamente grata. Por isso também ajudo sempre que posso. Sei bem o que é ter vontade de sentar no chão e chorar ou de desistir do caminho diante de uma escadaria com uma criança e um carrinho. Mas ainda assim o carrinho de bebê para quem não é mais uma bebê é a opção que salva todo o resto do trajeto, apesar das calçadas esburacadas, das pessoas vidradas em seus celulares que nem sempre percebem um carrinho quase aos seus pés…

Na verdade, o carrinho de bebê pra menina que não é mais bebê até garante conforto pra ela – é desses que deitam – mas cada vez mais carrego ele pra mim. 

Calma, pode apagar da sua mente a cena bizarra em que tento me acomodar para tirar um cochilo num carrinho de criança enquanto pessoas passam apressadas sem nem se dar conta do que está acontecendo. Nesse caso não está acontecendo. É que com ela dormindo no carrinho, eu poupo minhas costas.

Porque colo é bom demais, mas quando é colo que aconchega, que abraça, que conecta corpos e corações. Quando vira brincadeira de pocotó arrancando sorrisos e aliviando o peso da alma. Carregar uma criança de 20 kgs no dia-a-dia de ruas e trens lotados é bem diferente disso. E arrebenta a coluna de qualquer um. Então, quando você me vir com o carrinho onde minha filha mal cabe porque até a indústria decidiu que nessa idade criança não precisa mais dele, lembre-se: o carrinho também é pra mim.

Em tempo: um dia a gente ainda fala sobre ter onde carregar bolsas e sacolas 😉

2 thoughts on “Mães que usam carrinhos

  1. Gloria diz:

    Olha, como
    vejo esse filme todo. E també passamos por esses perrengues ( felizes ) . Quem sabe a gente possa fazer uma manifestação num parque , convocando as mães da cidade? Eu topo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s