Estamos preparados para isso?

por Paty Juliani

A personagem virtual que assombrou e desestabilizou os grupos maternos sempre existiu. Ela existe e continuará existindo.
Mas, mais uma vez bradamos. Tivemos vontade de gritar e esbravejar. Como assim? Quem pode fazer isso? Como estamos fragilizados dessa maneira?

É difícil admitir, mas sim, estamos expostos o tempo todo. Nossos filhos estão. Viver também é correr riscos. E maternar também é estar em constante alerta. E, principalmente, assumindo responsabilidades.
Mais uma vez não tivemos o tempo da pausa, do silêncio, da reflexão, como trouxemos recentemente nesse post sobre reaprender a silenciar. Fomos bombardeadas pelo pânico.

Mas, se parássemos para pensar um pouco, será que não chegaríamos a conclusão de que Momo é apenas mais um? Mais um perigo entre tantos sites e aplicativos que nos expõem à tudo, inclusive à pedofilia? Por que sempre esperamos que a solução venha de fora, do estado, de Deus?

É difícil olhar para dentro. É difícil fazer escolhas. É difícil ser, o tempo todo, o adulto.
E quem disse que seria fácil?
É preciso parar e pensar.

Nossos filhos realmente precisam estar expostos a isso? De que maneira? Com que frequência?

É um exercício bem difícil, mas necessário.
Tem a ver com olhar para nós mesmos.
Estamos preparados para isso?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s