Miniconto – as estranhezas da vida

Por Pati Juliani

No carro, com minhas filhas (Giulia, 9 anos e Paola, 6 anos), Paola menciona:

– Mamãe, a vida é muito estranha.

– As vezes ela é mesmo. Mas porque você está dizendo isso?, pergunto.

– É que quando eu preciso acordar cedo, eu quero dormir. E quando eu não preciso, eu acordo cedinho, sem sono nenhum. A vida é mesmo muito estranha…

thumbnail_DSC05419

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s