Miniconto – O Valor do Tempo

Por Dede Lovitch

Conversando sobre trabalho com Bernardo ele revela que gosta muito de desenhar e que admira as obras espalhadas pela cidade feitas pelo grafiteiros.

“Mamãe, eu não quero ter um trabalho normal”

“Normal?”

“É mamãe, não quero trabalhar muito.”

“Hum…”

“E nem ganhar muito dinheiro”

“Hummm…”

“Eu quero mesmo é ter tempo para as pessoas que eu amo”

Entrevista com os grafiteiros Os Gêmeos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s